VOLTANDO PRA CASA

De que é feito um ídolo? De dribles, gols, vitórias e títulos. Um ídolo é feito de tudo isso, mas também de carne e osso. Ele acerta muitas vezes, mas também erra algumas vezes. Se é assim, o que diferencia o ídolo de um jogador comum? Difícil dizer. O certo é que o ídolo nasce com um certo espírito de grandeza. Dentro e fora de campo. Nos momentos bons e ruins. Grandeza para realizar conquistas históricas. Grandeza também para pedir perdão.

De que é feito um clube? De títulos, troféus, craques e glórias. Um clube é feito de tudo isso, mas também dos valores que promove. E o Fortaleza é combativo, aguerrido, vibrante e forte. Nunca desiste. Nunca desiste dentro de campo. E também nunca desiste dos seus ídolos. O maior jogador do futebol cearense dos últimos 20 anos voltou para casa. Alguns podem pensar que este não seria o melhor momento. Mas a verdade é que só existe um momento para perdoar: e o momento certo é agora.

Compartilhe Agora!

Você pode gostar...

COMENTÁRIOS [FIQUE TRANQUILO, SEU E-MAIL NÃO SERÁ PUBLICADO]